terça-feira, 2 de junho de 2020

Reflexão nos dias de hoje!



                                        

Retornando Renovada!

 Olá Querid@s! Como vocês estão? Espero que todos estejam bem, dentro do possível, com esse susto que estamos vivenciando.

 Sabemos que está difícil para todos, neste momento de pandemia, que exige ficarmos afastados e isolados. Mas percebo, e acho que muitos de vocês também, que isso está proporcionando mudanças internas importantes na sociedade em geral.

 Neste tempo de isolamento social, tivemos a oportunidade de olhar para o nosso lar, nosso ambiente e nossa casa interna. Mas cada pessoa vivência e compreende esse processo de forma diferente.

Recebi muitas mensagens de pessoas com muito medo, outras bem conscientes, outras deprimidas e confusas.

 Estive afastada fisicamente de meus pacientes, mas sempre estive pensando muito em todos, principalmente os que estavam constantemente no consultório nos meses passados.

Para aqueles que me procuraram, tentei passar um conforto e tranquilidade com palavras e orientações.

Fiz as “lives” de Oração e Meditação no facebook, com a ideia de contribuir, de alguma forma, para o fortalecimento e amparo de amigos, clientes e das pessoas em geral que sentissem a ressonância.

 Como todos os seres humanos do planeta, também entrei no meu próprio processo e precisei me isolar e recuar para refletir sobre minha vida, minhas escolhas pessoais e profissionais.

Dentro do meu propósito espiritual e terapêutico, procuro no meu silêncio interno, nas minhas próprias práticas compreender como caminhar a partir de agora.

 Meditando, orando, estudando e reavaliando a minha vida pessoal e profissional, encontrei novamente o caminho que havia deixado de lado, a missão que me impulsionou a largar a minha profissão de fisioterapeuta e Terapeuta corporal para me dedicar somente a ser Terapeuta Vibracional, unindo a ciência com a espiritualidade.

 Percebi que a minha vida pessoal se baseia na minha vida profissional, me movimento na vida como terapeuta. Mas, neste lugar de Terapeuta, pensei que já tinha encontrado uma posição de conforto, mas na verdade, constatei que algo estava faltando.

 Eu sempre digo que no processo terapêutico, só podemos levar o paciente no lugar onde nós terapeutas chegamos, no lugar onde chegamos primeiro como pacientes, antes de sermos terapeutas.

Através da própria experiência e dos resultados alcançados, é possível saber para qual lugar você vai levar seu paciente. Também utilizando a própria experiência de cura como objetivo Terapêutico.

Por isso, acredito que um bom terapeuta, antes de se tornar terapeuta, deve vivenciar, experimentar a própria cura pelo processo terapêutico com outros terapeutas, se submetendo a vários tratamentos. Isso implica os processos de liberação e de ancoramento.

Foi desta forma que aprendi a ser terapeuta.

 O objetivo daqueles que buscam as terapias, é sempre a busca pela Cura; Só podemos auxiliar a cura do outro quando também somos curados.

 A cura implica vários níveis que podem ser físicos, emocionais, mentais ou espirituais.

 Quando falo em doenças, primeiro me refiro a comportamentos e padrões não saudáveis que podem trazer desequilíbrios emocionais, mentais e psíquicos, que sempre bloqueiam áreas da vida levando ao desprazer e a insatisfação e por consequência danos ao corpo físico.

Na minha experiência como Terapeuta Corporal e fisioterapeuta, experimentei profundamente os resultados de cura do corpo físico e do corpo emocional. 

Como Terapeuta Holística, utilizando vários recursos, técnicas e práticas, alcancei resultados maravilhosos de cura do corpo emocional e psíquico e processos de transformação de comportamento, levando a mudanças de vida de muitos clientes.

 No meu caminhar como terapeuta, nestes quase 30 anos, a minha busca por conhecimento era incessante. Sempre querendo saber mais, conhecer mais, fiz centenas de cursos dentro da área Holística terapêutica e na área científica e paralelo estudei sobre física quântica e frequentava lugares de desenvolvimento espiritual.

 São muitas as técnicas e práticas que prometem milagres de cura. Mas são poucos as que conseguiram alcançar esses tais milagres.

 Na verdade, não existe técnica ou prática melhor ou pior, o que existe em qualquer terapia, são pessoas em busca de autoconhecimento, de desenvolvimento e evolução que procuram curar e serem curadas.  

 Nas minhas reflexões, percebi que obtive resultados lindos de processos de cura de meus pacientes e me curei em cada cura..., mas existe um lugar oculto...

O lugar da Cura da Alma que poucos pacientes conseguem chegar, ou mesmo eu como terapeuta, não consigo levá-los a alcançar. Talvez porque eu mesma ainda não consegui chegar.

Neste tempo de pandemia, refletindo sobre a doença, a saúde e a cura, percebi que sempre fui terapeuta e paciente.  

Passei por muitos processos de cura, como paciente, buscando outros terapeutas/médicos,mas também percebi que em cada processo de cura de meus pacientes, eu me curava junto.

 Acredito que sim é necessário o outro para ancorar o processo de cura. A troca terapeuta/cliente é fundamental para o vínculo se estabelecer e o espelhamento bem ancorado e acolhedor direcionar o processo terapêutico.

Ser uma facilitadora, uma mediadora para o processo de cura de cada um, é uma grande benção. Todos temos um terapeuta/curador interno e podemos acessá-lo através do silêncio e o desejo de se curar. A cura sempre está disponível e é possível, mas é preciso coragem para entrar no caminho e o amparo de alguém para te levantar quando você cair no caminho.

 Os recursos terapêuticos utilizados são importantes, a técnica ou a prática são importantes, mas não é o principal. Todas as técnicas só são eficazes se a principal ferramenta for adicionada a terapia, o recurso principal para o processo de cura acontecer, é o Amor. Somente o amor cura.

 Aquele que experimentou o amor no seu processo terapêutico, consegue acessar a cura da alma. Aquele que alcança a cura da alma, aprende a acolher seu próprio processo e se torna o terapeuta curado...

Esse lugar da Cura da Alma, não depende do terapeuta, mas sim depende da escolha de cada um. Depende do caminho que se escolhe percorrer ou da coragem de mudar de caminho.

É quando vem do coração um desejo de voltar para dentro para ouvir a voz interior.Algo que move o instinto que estimula o contato com a natureza e se conecta com o que é fundamental como o ar que se respira.

Esse lugar do encontro com a voz do coração é a Alma que se expressa e se manifesta quando todas as barreiras foram liberadas e rompidas. Esse é o momento da Cura Total, movida pelo Amor próprio. 

Muitas vezes uma única possibilidade de vivenciar essa cura é quando em um processo de encontro com a integração do ser. Acontece um salto quântico que leva a manifestação do desejo da Cura da Alma. 

Neste tempo que estamos agora, não há mais espaço para olharmos para o corpo sem olharmos para a alma e sem nos sentirmos pertencentes a natureza e tudo que nos rodeia.

A cura da humanidade, depende do desejo de cura de cada um de nós como indivíduos.

A Cura da Alma é quando existe o encontro desse pertencimento coletivo, quando a individualização é liberada e a integração que vem no coração reverbera com amor por si mesmo e para o Todo.

 Como terapeuta vibracional, acredito na cura pela energia do amor, pela energia elevada da consciência, da confiança, da fé e da verdade.

Acredito na cura da humanidade, na cura da ignorância e na paz entre todos. Acredito na cura através do encontro, do afeto e da união.

Todas as doenças possuem uma vibração muito baixa que para afetar alguém precisa estar na ressonância desta mesma vibração. Por isso, quando um terapeuta arruma um ambiente com aromas, cristais e música, eleva a frequência do ambiente, e assim ele já promove um ambiente de cura. Quando um terapeuta toca nas mãos, nos pés, na cabeça do paciente com doçura, carinho e amor, já promove a cura. 

Imaginem se cada ser humano pudesse vivenciar e experimentar o processo de cura em um processo terapêutico, e cada um reverberar da mesma forma para cada pessoa ao seu lado, toda a humanidade vibraria em cura.

 Outra energia que precisamos alimentar é a gratidão. A gratidão por estarmos aqui neste lindo planeta. Se a humanidade honrasse a beleza deste planeta e agradecesse todos os dias por essa beleza, nunca existiria miséria.

 Neste tempo de reflexão, aprendi que sempre estou buscando e encontrando, e o que busco é o que todos também buscam. Todos querem se curar!

Na busca da cura inconsciente ou consciente, buscamos na verdade a Cura da Alma.

 Neste processo cíclico da vida estamos livres para sermos humanos experimentando tudo o que a vida tem para oferecer. Mas todos agora estamos experimentando a dor. Como acontece no processo terapêutico, a dor é que dá a possibilidade de liberar a alma para ela se expressar e se curar através da manifestação do Amor.

 O Amor é vivenciado no encontro, mas com o isolamento social fica bem mais difícil manifestarmos o amor para promovermos a cura.

Assim meus amigos clientes, como acredito no processo de cura de cada um, estou buscando uma forma de continuarmos evoluindo, crescendo e nos curando.

 Vou lançar em breve a formação para terapeutas e conto com muitos de vocês que são clientes/terapeutas que podem continuar seus próprios processos de cura ajudando outros a se curarem.

 Gratidão por lerem esse "textão" até o final! Rsrs..

 Seja

Luz!

Beijos

Nanda da Paz

 


    21 de dezembro de 2020-a grande culminação do Evento! Transmissão de luz pleiadiana 21/11/2020 Canalizado por Michael Love Uma men...